Vereador de Goiânia propõe que concessionárias do Transporte Coletivo instalem câmeras de segurança fixas em ônibus

Foto: Alberto Maia

O vereador Dr.Paulo Daher (DEM) apresentou na última quarta-feira (20) o Projeto de Lei nº 29/2020, que obriga as concessionárias do Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia a instalarem, no interior dos ônibus, câmeras de segurança fixas. O objetivo, diz a matéria, é monitorar e prevenir a ocorrência de crimes e contravenções penais contra passageiros e motoristas, bem como aprimorar a qualidade da prestação do serviço na Capital.

“As pesquisas apontam que a população goianiense não se sente segura ao utilizar o transporte coletivo. Da mesma forma, não suporta mais enfrentar a constante onda de violência que afronta diretamente a dignidade humana, além de danos ao patrimônio, com a ocorrência de furtos”, destaca Paulo Daher. “Deste modo, as câmeras de segurança a serem instaladas no interior dos ônibus serão ferramentas importantes das empresas para combater a criminalidade e um dos dispositivos tecnológicos que mais podem contribuir para aperfeiçoar a qualidade na prestação do serviço pelas concessionárias”, acrescenta .

De acordo com a proposta do parlamentar democrata, a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC) deverá instalar um Centro de Controle Operacional, com a finalidade de registrar e armazenar, em formato MP4 (áudio e vídeo), em equipamento DVR (Digital Video Recorder), as imagens gravadas. As informações deverão ser compartilhadas com órgãos conveniados com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP/GO). Ainda conforme o projeto, no mínimo três câmeras de segurança fixas deverão ser instaladas, em cada veículo, pelas empresas concessionárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui