Secretaria de Saúde de Goiânia elabora Plano de Contingência para prevenção contra Sarampo

Um plano de contingência para prevenção de Sarampo foi apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS), na última sexta-feira, 09. De acordo com a diretoria de Vigilância em Saúde, o plano visa estabelecer estratégias para melhoria de coberturas vacinais, notificação, bloqueio e identificação de novos casos e assim prevenir contra um possível surto em Goiânia.

Em 2019, foram registradas oito notificações de casos suspeitos de sarampo. Destes, seis já foram descartados e dois continuam sob investigação, sendo que um dos casos apresenta forte suspeita de confirmação da doença. O primeiro exame foi confirmado, mas é preciso fazer o segundo exame após 15 dias para confirmação definitiva. O possível caso é de um homem de 45 anos que viajou para São Paulo e voltou com os sintomas da doença.

Em Goiânia, entre as faixas etárias com menores coberturas estão as crianças de um a cinco anos com 85% de cobertura vacinal e adolescentes e adultos de 15 a 29 anos com 36% de cobertura. Por esse motivo, esses grupos são considerados prioritários, visto que, a cobertura vacinal preconizada pelo Ministério da Saúde é de 95% da população.

É importante ressaltar que são consideradas vacinadas e protegidas as pessoas de 1 a 29 anos que tiverem registradas no cartão duas doses de vacina tríplice/ou tetra viral e pessoas de 30 a 49 anos uma dose de tríplice viral.

A Secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, explica que a prefeitura reforçou as ações de prevenção para que Goiânia não tenha surto da doença. “Estamos monitorando cada caso suspeito e com um trabalho  reforçado em várias frentes de atuação para que  todos estejam protegidos com a vacina e assim reduzir a possibilidade de casos de sarampo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui