Bolsonaro acata pedido de Caiado e assina concessão da Norte-Sul em Anápolis

O presidente Jair Bolsonaro estará em Anápolis no dia 31 de julho para assinar a concessão da Ferrovia Norte-Sul. Os detalhes da nova agenda presidencial foram acertados nesta quarta-feira (10/7), durante uma audiência entre o governador Ronaldo Caiado e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, realizada em Brasília. O evento fará parte das atividades em celebração aos 112 anos da cidade.

“Vamos, no dia do aniversário da nossa querida Anápolis, receber o presidente e o ministro para assinar esse contrato e ver a ferrovia contemplando todo o desenvolvimento de Goiás”, confirmou Caiado, que é anapolino. O governador afirmou, na reunião com Tarcísio Gomes, que ver essa ferrovia em pleno funcionamento é algo que os goianos já não acreditavam mais, e que graças ao novo governo se tornará realidade e trará oportunidades de emprego.

Segundo o ministro de Infraestrutura, a concessão da Norte-Sul é a retomada do setor ferroviário no Brasil. O leilão do trecho da Norte/Sul que passa por Goiás ocorreu no dia 28 de março. Na ocasião, a Rumo S.A foi a concessionária vencedora, com a oferta de R$ 2,719 bilhões. O trecho possui 1.537 quilômetros, e vai de Estrela d’Oeste, em São Paulo, a Porto Nacional, no Tocantins. O prazo da concessão é de 30 anos e a empresa ganhadora terá de fazer R$ 2,8 bilhões em investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui