Veja o vídeo: Clécio bate boca e acusa Wellington Peixoto de defender o monopólio dos postos de gasolina

0

Durante sessão plenária desta quarta-feira (06), os vereadores Clécio Alves e Wellington Peixoto,  ambos do MDB, bateram boca em razão do projeto, de autoria de Clécio Alves, que  modifica a metragem da área para postos de combustíveis. A matéria foi arquivada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), durante reunião que antecedeu a sessão.

Membro da CCJ, Wellington Peixoto votou pelo arquivamento do projeto e defendeu a ilegalidade. “Foi discutido amplamente na CCJ e a comissão cumpriu com o seu dever pela ilegalidade do projeto”, esclareceu.

Clécio Alves, irritado, argumentou “Quem é o vereador Wellington Peixoto para defender a derrubada desse projeto. Dono de muitos postos de gasolina aqui em Goiânia, é a pessoa menos indicada”, disse.

A justificativa do vereador Clécio é que as atuais metragens não são razoáveis, e acabam, indiretamente, criando uma reserva de mercado uma vez que não se acham lotes com essas dimensões exigidas. Para ele, isso impede o surgimento de novos empreendimentos facilitando a criação de oligopólios e a cartelização do comércio de combustível com o alinhamento de preços hoje existente.

“Que conversa fiada é essa que tem parecer contra para abrir novos postos de gasolina?! Faça me o favor vereador Wellington Peixoto. Toma vergonha de falar um negócio desse aqui. O senhor é o q menos tem autoridade pra criticar o meu projeto. Me mostra onde é que está cumprindo a lei”, afirmou.

Wellington Peixoto se defendeu, “Eu tenho a mesma autoridade que o senhor, fui eleito com voto popular e estou na CCJ para analisar a legalidade do projeto. A mesma autoridade que o senhor tem de apresentar o projeto, eu tenho de discordar”, concluiu.

Sobre o Projeto

A lei em vigor é de 1994 e fixou área de 1.000 metros quadrados para os postos de combustíveis construídos em terrenos de esquina e 1. 440 m² para os lotes em meio de quadra. A nova proposta era de que as metragens fossem alteradas para 500 m² para empreendimentos em terrenos de esquina e 720 m² para os de meio de quadra.

Veja o vídeo na íntegra:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui